Sucarau 06/10/12

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

The Swingle Singers and Carmel A-Cappella - Haleluya - כרמל א-קפלה - הל...

Carmel A-Cappella - Vivaldi - The four seasons - The spring כרמל א-קפלה

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Militantes do PT agridem José Serra e apedrejam van

Militantes do PT agridem José Serra e apedrejam van

Vamos ao números...

A Vale quando foi privatizada em 97 valia 8 bilhões de reais e hoje vale 273 bilhões, seu lucro era de 756 milhões e agora é 10 bilhões, seus empregados eram 11.000 e hoje emprega 40.000
A Embraer entregava quatro jatos em 97 e agora entrega 227
A telefonia não existia na Telebrás e agora quase todos os brasileiros têm celular
A telefonia privatizada aumentou o número de telefones em 2.500%
O plano real tirou 30 milhões de pessoas da faixa de pobreza quando acabou com a inflação
O PT tentou impedir o Plano Real no STF
O PT não assinou a constituição de 88 para não compactuar com o "Estado Burguês"
O PT foi contra a Lei de Responsabilidade Fiscal


E ainda querem acreditar que o PT se importa com o povo!!!!????


conta outra carochinha...

quarta-feira, 28 de julho de 2010

Um projeto dentro da desordem

Algo incrível sobre o mundo em que vivemos é que as coisas que parecem acontecer aleatoriamente nunca são aleatórias. E elas não acontecem conosco. Elas acontecem para nós.
Entretanto, só enxergamos a ordem oculta no caos depois do fato acontecer. Se pudéssemos enxergá-la no momento em que ele acontece...
E é isso que eu gostaria de lhe pedir hoje. Pratique ver a perfeição no momento. No instante em que você reconhecer que há um plano, um projeto, por baixo da desordem, você estará impulsionando a si mesmo em direção à clareza.

Fonte: Yehuda Berg

Marcelo Madureira-A censura após 25 anos continua .

terça-feira, 20 de julho de 2010

Lembranças

Momento nostalgia...
Somos cinco irmãos, quatro com pouca diferença de idade uns dos outros e o caçula que veio onze anos depois daquele que era o mais novo, viveu outro momento.
Hora do café da manhã era uma loucura para ver quem comia o melhor pãozinho, hora das refeições quem ficava com a melhor banana, a maior.
E o dia mais hilário em que o irmão do meio foi comprar o pão da manhã, na falta de pãezinhos ele comprou uma bengala que chegou recheada com o braço dele, pois o mesmo foi comendo o miolo até que a mão dele saiu pelo outro lado do pão.
Tudo tinha que ser exatamente dividido em partes rigorosamente iguais. Doce infância!.
Lembranças da meninice, onde a maior dificuldade era sonhar...

Abraços a todos os meus leitores.

quinta-feira, 8 de julho de 2010

McDia Feliz 2010

McDia Feliz 2010
É dada largada para o Mc Dia Feliz 2010
Mais de 100 instituições apoiadas em todo o país. Mais de R$ 100 milhões arrecadados e destinados a projetos desde 1988. Esperança e uma melhor qualidade de vida para 30 mil crianças, adolescentes e familiares anualmente. Trinta mil voluntários mobilizados só no último ano. Os números são do McDia Feliz, maior campanha em prol do combate ao câncer infantojuvenil no Brasil, que neste ano chega à sua 22ª edição.
Junho marca o lançamento nacional do McDia Feliz 2010, ação coordenada pelo Instituto Ronald McDonald, e o início da venda dos tíquetes antecipados de Big Mac.
Os tíquetes antecipados podem ser adquiridos nas instituições parceiras do Instituto Ronald McDonald de 17 de junho a 27 de agosto ao valor de R$ 8,50 cada. E no McDia Feliz, em 28 de agosto, cada cupom deverá ser trocado por um sanduíche Big Mac em um dos 577 restaurantes da rede McDonald's no Brasil. A venda dos tíquetes antecipados representa uma importante parcela na arrecadação total da campanha McDia Feliz, composta ainda pela venda de sanduíches Big Mac no próprio dia, isoladamente ou na promoção (exceto alguns impostos), além de produtos promocionais. Em 2009, foram vendidos mais de 700 mil tíquetes antecipados. Para este ano, a expectativa é chegar a 1 milhão de tíquetes vendidos antecipadamente.
Ao longo dos últimos 21 anos, os recursos obtidos com o McDia Feliz têm viabilizado a implantação de unidades de internação, ambulatórios, salas de quimioterapia, casas de apoio e unidades de transplante de medula óssea, entre outros projetos em benefício de crianças e adolescentes com câncer. "São muitas as realizações ao longo desses anos e elas são de cada um de nós. Por isso, todos nós devemos nos orgulhar de fazer parte desta história e saber que o nosso trabalho e o de milhares de parceiros vêm contribuindo para gerar mais e mais sorrisos em prol da vida. Esse é o nosso compromisso: com a vida", afirma Francisco Neves, superintendente do Instituto Ronald McDonald.
Como adquirir os tíquetes antecipados
Quem quiser contribuir com a luta contra o câncer infantojuvenil poderá comprar os tíquetes antecipados Big Mac na instituição participante em sua localidade. A consulta às instituições participantes pode ser feita pelo site www.instituto-ronald.org.br. Empresas também podem aderir à causa encomendando cupons para clientes e funcionários. Neste ano, os recursos da campanha serão investidos em 69 projetos, de 58 instituições em todo o país.
Trocando Big Mac por sorrisos
Todo último sábado de agosto acontece a maior campanha de arrecadação e mobilização da sociedade em prol do combate ao câncer infantojuvenil no Brasil, o Mcdia Feliz. A campanha é um sucesso graças à participação fundamental de funcionários, franqueados e fornecedores, além da mobilização de cerca de 30 mil voluntários que incentivam a sociedade a abraçar a causa da luta contra o câncer.
O McDia Feliz é o dia de maior movimento no ano nos restaurantes McDonald's. Em 2009, apenas no dia 29 de agosto, foram vendidos mais de 1,3 milhão sanduíches Big Mac em todo em todo o país, o que contribuiu para a arrecadação recorde de R$ 11,7 milhões
Apoio: Planeta Voluntários
Fonte: Instituto Ronald McDonald

quinta-feira, 1 de julho de 2010

Ecofit e Naturalis Brasil promovem descontaminação coletiva de lâmpadas

Academia EcoFit e Naturalis Brasil realizam, neste sábado, a Operação Papa-Lâmpadas.

Com a proposta de conscientizar a população sobre a importância do descarte ecologicamente correto das lâmpadas fluorescentes, a academia EcoFit Club, em parceria com a Naturalis Brasil, empresa especializada na descontaminação de lâmpadas fluorescentes, promoverão, no dia 03 de julho, sábado, a Operação Papa-Lâmpadas. Trata-se de uma campanha de coleta e descontaminação deste material, cujos riscos, poucos conhecem.

As lâmpadas fluorescentes são responsáveis por 70% da luz artificial utilizada no mundo. Consomem cinco vezes menos energia que uma lâmpada tradicional, e duram até 45 vezes mais. Por estas vantagens, se tornaram predominantes neste mercado. Porém, existe um outro lado, pouco abordado e do qual a maior parte dos consumidores não tem conhecimento. Para produzir a chamada luz fria, estas lâmpadas possuem em sua composição uma carga de mercúrio, um metal tóxico, cancerígeno e extremamente prejudicial à saúde e ao meio ambiente.

No Brasil são consumidas cerca de 100 milhões de lâmpadas fluorescentes por ano. Desse total, 94% são descartadas em aterros sanitários, sem nenhum tipo de tratamento, contaminando o solo e a água, além de, se rompidas, liberarem vapor de mercúrio, que será aspirado por quem as manuseia.

Diversas empresas e campanhas vêm alertando a população sobre os males causados pelo mercúrio contido em pilhas e baterias. Entretanto a presença deste metal nas lâmpadas, apesar de seu volume ser ainda maior do que nas pilhas, é pouco citada. A academia Ecofit e a Naturalis Brasil se uniram com o ideal de conscientizar a população sobre o risco que este resíduo representa e a importância do descarte correto deste material.

Com um processo licenciado pela CETESB, a Naturalis Brasil faz a descontaminação in loco, levando o Papa-Lâmpadas até o local gerador do resíduo. Este equipamento possui um duplo sistema de filtros: o pó de fósforo é retido em um filtro de celulose e o mercúrio é retido por um carvão ativado. Após a descontaminação, praticamente todos os materiais da lâmpada são reciclados.

Dia 03 de julho, das 10h às 15h, na entrada da Ecofit, uma equipe receberá lâmpadas fluorescentes de qualquer tipo ou tamanho. Além de receber o material, a equipe mostrará o processo de descontaminação e seu funcionamento. A academia sugere transportá-las embaladas em jornal, papelão ou plástico bolha para evitar possíveis acidentes.

[Campanha de Coleta e Descontaminação de Lâmpadas Fluorescentes. Dia 03 de julho (sábado), das 10h às 15h, na Ecofit Club - Rua Cerro Corá, 580, Alto de Pinheiros, São Paulo].

(Envolverde/Assessoria de Imprensa)

quinta-feira, 17 de junho de 2010

Mais verde que amarelo

Dois mil e doze é um ano que promete, mas devemos, antes, sobreviver a ele. Teorias baseadas no calendário maia, na ufologia e na psicanálise junguiana, além de cálculos matemáticos e análises do Novo Testamento, somadas a outras teses que rondam a internet, garantem que o mundo passará por grandes transformações, cujas consequências poderão levar a humanidade à extinção. Mas os mais céticos também reservam boas expectativas. O governo Obama terá fechado seu primeiro mandato, os efeitos pós-Lula serão mais visíveis no Brasil e a China poderá ter dado passos importantes ao posto isolado de potência mundial. Na academia, ou entre os membros do movimento ambiental internacional, a maior expectativa recai sobre a Cúpula da Terra, evento também conhecido como Rio + 20, a ser realizado na capital carioca, que reunirá no Brasil chefes de Estado de várias nações para discutir dois temas em essência: "a economia verde no contexto do desenvolvimento sustentável" e "a redução da pobreza e o quadro institucional para o desenvolvimento sustentável".


Fonte: Revista IMPRENSA on line

segunda-feira, 14 de junho de 2010

Somos Luz!

Por: :: Wagner Borges :: 


O Divino escultor esculpiu nossa imagem-forma na Luz.
Sorrindo, Ele disse dentro de cada espírito:
"Você ocupará muitas formas na existência, terá vários rostos e corpos, de cores e formatos diferentes, mas a sua verdadeira face é a da Luz!"
Porém, o tempo passou, e nos identificamos com as diversas formas, não só físicas, mas, também, com aquelas mentais e emocionais.
Passamos a viver e agir nas formas, mas sem sentir o Espírito em nós. Passamos a viver de forma vazia, sem sentido e sem profundidade.
Apegamo-nos demais às formas moldadas e condensadas nas energias da natureza, e mesmo quando elas se desgastam, e o seu uso não é mais possível, ficamos meio perdidos, chorando sobre a referência externa com a qual nos identificávamos tanto.
Foi por isso que o sábio Jesus disse:
"Deixem que os mortos enterrem os seus mortos!"
O Rabi estava certo: quem anda com o espírito entorpecido nas ilusões sensoriais do mundo e acha que é só isso que existe, na verdade está morto de raciocínio, percepção e espírito. Confundir a Luz do espírito com a casca abandonada é o mesmo que confundir a roupa com quem a veste.
Se é necessário respeitar o invólucro carnal abandonado, pois era morada do espírito em ascensão, é mais necessário, ainda, respeitar o próprio espírito, essência imperecível e dotado de todos os potenciais celestes.
E nenhum espírito, em época alguma, jamais foi seguro pelo caixão ou pelo solo onde o seu corpo ficou sendo transformado em outras energias pela generosa Mãe Terra.
Aos corpos que ficam na Terra, o nosso muito obrigado, por tudo o que aprendemos por intermédio deles. Porém, somos espíritos com a face da Luz!
Somos forma e semelhança da Luz, pois não somos animais vertebrados, somos consciências imperecíveis. Somos a cara de Deus!
Não somos brancos, negros, amarelos ou vermelhos. Não somos nem mesmo terrestres, pois qualquer espírito é egresso de outros planos sutis, não-físicos.
Portanto, somos extraterrestres, pois terrestres são apenas os corpos que ocupamos temporariamente.
SOMOS LUZ!
Enquanto os "mortos enterram os seus mortos", os espíritos continuam vivendo além... Os primeiros olham as tumbas e choram a ilusão de suas referências apenas físicas; os últimos olham para as estrelas e alçam vôo para outras paragens.
E lá em cima não há nenhum número de tumba como referência, nem esquifes enterrados para alguém se guiar na dor de sua perda ilusória. O que tem mesmo é uma infinidade de espíritos vivos, todos com a cara de Deus!
O Divino Escultor esculpiu nossa imagem-forma na Luz.
Portanto, façamos jus a essa Luz.
SEJAMOS LUZ!*

(Este texto é dedicado às pessoas que jamais desistem dos ideais sadios na existência. Mesmo cercadas por dificuldades variadas, elas persistem e confiam na própria Luz que viaja dentro de seus corações. Elas sabem que essa Luz não é deste mundo, e que só o Divino Escultor é que sabe o real valor de cada um, pois Ele conhece profundamente o mais secreto dos pensamentos dos homens e sabe quem é leal e servidor consciente dos seus magnos desígnios evolutivos.)

Paz e Luz.
Wagner Borges - sujeito com qualidades e defeitos, igual a todos, mas que, quando se lembra de alguém que foi morar no Astral, sempre olha para cima, jamais para baixo, pois sabe que nenhum túmulo pode segurar alguém que é a cara de Deus!

- Nota: Para enriquecer estas linhas, posto na sequência um texto - postado há alguns anos pelo site do IPPB - www.ippb.org.br -, com alguns toques a mais.



QUEM LEVA QUEM?

Muitas vezes, nós que estudamos temas espirituais e procuramos fazer algo de bom com esse estudo - em nossos pensamentos, sentimentos e energias -, costumamos dizer:
"Nós levamos a informação espiritual para os outros."
Na verdade, é a informação espiritual que nos leva; somos apenas seus canais - e, diga-se de passagem, canais imperfeitos -, expressando algumas coisas no mundo.
Expressando algo da espiritualidade e tentando crescer com valores que o mundo sequer considera - valores elevados e muitas vezes esquecidos por nós mesmos quando aprontamos alguma tolice, pois estudar temas avançados não significa que sejamos elevados -, somos levados por ela a certos momentos conscienciais interessantes e criativos.
Levamos a espiritualidade e somos levados por ela, muito mais do que imaginamos.
Quando somos levados por ela, geralmente se apresentam alguns desses estados de consciência:
- Os olhos brilham muito.
- A alegria se apresenta como estado de consciência independente dos fatores que ocorrem no momento.
- O amor possui os pensamentos e leva a altos vôos pelo céu do coração.
- A vontade de crescer aumenta o tesão de viver.
- A aura se expande muito e toca as auras de outros com toques de energia estimulante ao progresso e ao bem de todos.
- A consciência sente-se ligada a outras consciências sadias, da Terra e de outros planos de manifestação.
- Cresce a admiração por todos aqueles homens e mulheres maravilhosos que deixaram mensagens de paz e luz entre os homens.
- Também cresce a admiração por todos aqueles homens e mulheres que vivem na Terra e tentam fazer algo bom, mesmo portando defeitos e enfrentando diversas dificuldades, mas se esforçando por gerar climas melhores na existência.
- A própria imortalidade permeia a consciência e lhe dá forças para continuar caminhando e apreciando a vida, mesmo sob o impacto da perda de alguém amado. Ela sabe dentro dela mesma. Por isso, não precisa de nenhuma doutrinação espiritual para certificar-se de algo que ela sempre soube em seu coração.
- Dentro ou fora do corpo, ela é impelida a estados conscienciais sadios e é incapaz de fazer o mal para alguém. É imperfeita, pois é humana, mas não porta maldade.
Enquanto levamos a informação espiritual, também somos levados por ela. E aí, pouco importa quem leva quem, pois o importante em qualquer estudo espiritual é sempre melhorar a lucidez, ampliar o amor e ser parceiro constante da alegria.
Resumindo: levando a espiritualidade ou sendo levado por ela, o importante é ser feliz com o que se faz.

Paz e Luz.
Wagner Borges

- Mais uma nota: Enquanto organizava esses textos, lembrei-me de dois belos poemas iniciáticos do mestre árabe Rumi, que cabem como uma luva nesse texto. Seguem-se os mesmos logo abaixo.

NO MEU FUNERAL

No dia em que levarem meu corpo morto
Não penses que meu coração ficará neste mundo.
Não chores por mim, nada de gritos e lamentações
- Lembra que a tristeza é mais uma cilada do demônio.

Ao ver o cortejo passar, não grites: "ele se foi!"
Para mim, será esse o momento do reencontro.
E quando me descerem ao túmulo, não digas adeus!
A sepultura é o véu diante da reunião no paraíso.

Ante a visão do corpo que desce
Pensa em minha ascensão.
Que há de errado com o declínio do sol e da lua?
O que te parece declínio, é tão somente alvorada.

E ainda que o túmulo te pareça uma prisão,
E é ele que liberta a alma:
Toda semente que penetra na terra germina.
Assim também há de crescer a semente do homem.

O balde só se enche de água
Se desce ao fundo do poço.
Por que deveria o José do espírito
Reclamar do poço em que foi atirado?

Fecha a tua boca deste lado
E abre-a mais além.
Tua canção triunfará
No alento do não-lugar.

- Rumi -
(Texto extraído do inspirado livro "Poemas Místicos", de Jalad ud-Din Rumi, maravilhoso poeta sufi - Editora Attar).



Wagner Borges é pesquisador,
conferencista e instrutor de cursos de Projeciologia
e autor dos livros Viagem Espiritual 1, 2 e 3 entre outros.
Visite seu Site e conheça a área de áudio e vídeo.


A ESCOLHA DE SOFIA

"Olá amigos que me acompanham, peço de ante mão desculpas aqueles que são petistas. Recebi de uma amiga este texto e concordo com várias passagens, a principal delas é que não podemos ficar em cima do muro, cada voto significa a possibilidade de mudança por isso não podemos e não devemos desperdiçá-lo.
A política me encanta desde as aulas na faculdade de filosofia e sociologia é um verdadeiro tratado humano. Sem política não há sociedade".

Milene Gonçalves.

"O maior castigo para aqueles que não se interessam por política, é que serão governados pelos que se interessam."
Arnold Toynbee
Como vocês sabem, a escolha de Sofia é a história de uma mãe judia no campo de concentração nazista deAuschwitz, que é forçada por um soldado alemão a escolher entre o filho e a filha - qual será executado e qual será poupado. Se ela se recusasse a escolher, os dois seriam mortos. Ela escolhe o menino, que é mais forte e tem mais chances de sobreviver, porém nunca mais tem notícias dele.
A questão é tão terrível que o título se converteu em sinônimo de decisão quase impossível de ser tomada. 
Envio para vocês um artigo escrito em final de 2009 pelo economista Rodrigo Constantino. Autor de 5 livros. Escreve a coluna "Eu e Investimentos" do jornal Valor Econômico. É também colunista do jornal O Globo. Membro-fundador do Instituto Millenium. Vencedor do prêmio Libertas em 2009, no XII Forum da Liberdade. 



"Serra ou Dilma? A Escolha de Sofia"
(por Rodrigo Constantino )

"Tudo que é preciso para o triunfo do mal é que as pessoas de bem nada façam."                                                       (Edmund Burke)

Agora é praticamente oficial: José SerraDilma Rousseff são as duas opções viáveis nas próximas eleições. 

Em quem votar? 

Esse é um artigo que eu não gostaria de ter que escrever, mas me sinto na obrigação de fazê-lo. 
Os antigos atenienses tinham razão ao dizerem que assumir qualquer lado é melhor do que não assumir nenhum?
Mas existem momentos tão delicados e extremos, onde o que resta das liberdades individuais está pendurado por um fio, que talvez essa postura idealista e de longo prazo não seja razoável. 
Será que não valeria a pena ter fechado o nariz e eliminado o Partido dos Trabalhadores Nacional-Socialista em 1933 na Alemanha, antes que Hitler pudesse chegar ao poder? 
Será que o fim de eliminar Hugo Chávezjustificaria o meio deplorável de eleger um candidato horrível, mas menos louco e autoritário? 
São questões filosóficas complexas. Confesso ficar angustiado quando penso nisso.
Voltando à realidade brasileira, temos um verdadeiro monopólio da esquerda na política nacional. PT e PSDB cada vez mais se parecem. 
Mas existem algumas diferenças importantes também. O PT tem mais ranço ideológico, mais sede pelo poder absoluto, mais disposição para adotar quaisquer meios os mais abjetos para tal meta. 
O PSDB parece ter mais limites éticos quanto a isso.
O PT associou-se aos mais nefastos ditadores, defende abertamente grupos terroristas, carrega em seu âmago o DNA socialista. O PSDB não chega a tanto.
Além disso, há um fator relevante de curto prazo: o governo Lula aparelhou a máquina estatal toda, desde os três poderes, passando pelo Itamaraty, STF, Polícia Federal, as ONGs, as estatais, as agências reguladoras, tudo! 
O projeto de poder do PT é aquele seguido por Chávez na Venezuela, 
Evo Morales na Bolívia, Rafael Correa no Equador, enfim, todos os comparsas do Foro de São Paulo . 
Se o avanço rumo ao socialismo não foi maior no 
Brasil, isso se deve aos freios institucionais, mais sólidos aqui, e não ao desejo do próprio governo. A simbiose entre Estado e governo na gestão Lula foi enorme. O estrago será duradouro. Mas quanto antes for abortado, melhor será: haverá menos sofrimento no processo de ajuste.

Justamente por isso acredito que os liberais devem olhar para este aspecto fundamental, e ignorar um pouco as semelhanças entre Serra e Dilma. 

             Uma continuação da gestão petista através de Dilma é um tiro certo rumo ao pior.

Dilma é tão autoritária ou mais que Serra, com o agravante de ter sido uma terrorista na juventude comunista, lutando não contra a ditadura, mas sim por outra ainda pior, aquela existente em Cuba ainda hoje. 

Ela nunca se arrependeu de seu passado vergonhoso; pelo contrário, sente orgulho. Seu grupo Colina planejou diversos assaltos.
Como anular o voto sabendo que esta senhora poderá ser nossa próxima presidente?!
Como virar a cara sabendo que isso pode significar passos mais acelerados em direção ao socialismo bolivariano? 

Entendo que para os defensores da liberdade individual, escolher entre Dilma e Serra é como uma escolha de Sofia.
Anular o voto, desta vez, pode significar o triunfo definitivo do mal. Em vez de soco na cara ou no estômago, podemos acabar com um tiro na nuca.

Dito isso, assumo que votarei em Serra.
Meu voto é anti-PT acima de qualquer coisa.

Meu voto é contra o Lula, contra o Chávez, que já declarou abertamente apoio a Dilma.
Meu voto não é a favor de Serra.
E, no dia seguinte da eleição, já serei um crítico tão duro ao governo Serra como sou hoje ao governo Lula.
Mas, antes é preciso retirar a corja que está no poder. 
Antes é preciso desarmar a quadrilha que tomou conta de Brasília.
Só o desaparelhamento de petistas do Estado já seria um ganho para a liberdade, ainda que momentâneo. 

Respeito meus colegas liberais que discordam de mim e pretendem anular o voto. Mas espero ter sido convincente de que o momento pede um pacto temporário com a barbárie, como única chance de salvar o que resta da civilização - o que não é muito.

quarta-feira, 2 de junho de 2010

Tá louco meu!

Oi gente amiga, tem sido difícil passar por aqui para atualizar o blog tanto quanto eu gostaria. São tantos e-mails para ler, twitter, facebook, orkut e os blogs. Que preciso de dez braços ou mais para dar conta do recado. Me sinto culpada e horrível por não conseguir passar com mais freqüência, por outro lado minha vaidade não permite que eu simplesmente abandone ou tire do ar este blog. Então ficamos assim de tempos em tempos dou o ar da graça.
O tempo mudou e aqui em casa sentimos literalmente a mudança, metade das pessoas de casa inclusive eu vivemos dias de horror com a gripe, graças a Deus já estamos todos bem, mas foi um sufoco no sentido literal da palavra. A falta de dinheiro também tem sido uma constante, estamos pensando em plantar bananeiras nos faróis para descolar uns trocados, neste momento o que nos impede é oferecer concorrência aos menos favorecidos que nós. Mas estamos tentados...
As eleições estão se aproximando, espero que você esteja de olho nestes candidatos! Se você não gosta de política, pelo menos assista ao CQC já será de grande esclarecimento.
E o fashion week SP tá chegando, pessoal que gosta de moda liguem-se!
Uma ótima semana para todos e um forte abraço da amiga aqui.

quarta-feira, 5 de maio de 2010

Ensinar o bem a quem?

Como extirpar o mal que há em nós se diariamente ele é alimentado com gestos, insinuações e exemplos contrários? Como tornar doce o aprendizado se a desobediência, a intolerância e a falta de jeito compromete o ensinamento? Como fomentar a ternura e a sabedoria se somos ignorantes professores, que só temos nossas próprias experiências para passar? Como acrescentar bondade? Como incentivar a honestidade, se nem conseguimos ser honestos com nós mesmos?
Como formar homens de bem se ao certo não sabemos que bem é este?
Como tratar com igualdade se nem somos todos iguais?
Como sobreviver a este mundo, a esta avalanche de ensinamentos ou seria treinamentos que recebemos desde o dia em que nascemos, até o dia de nossa derradeira partida?
Como, como, como?

sexta-feira, 30 de abril de 2010

Revelação

Olá amigos(as),

Desculpem o sumiço, mas como costumo dizer aos mais próximos a vida nos engole, no sentido bom e mais saboroso da palavra. Fato é que tenho mais responsabilidades do que posso dar conta e elas não param de aparecer...
O texto de hoje é na verdade um pensamento que me ronda diariamente, insistentemente.

O que eu gostaria de fazer agora?

Neste momento da minha vida, nesta idade em que me encontro, com estes pensamentos que borbulham em minha mente, com estes sentimentos que sambam no meu coração. Com o conhecimento adquirido até agora e com esta fome de saber que só aumenta a cada dia.

O que fazer para fazer bem feito e ainda ganhar dinheiro com isso, afinal neste mundo sem dinheiro a gente não vive.

O que eu gostaria de fazer além de ser eu?

Tenho pensado na morte, mais vezes do que gostaria... Mas é que pensar na morte nos faz pensar na vida, observe bem isso, sempre que você pensa numa coisa é obrigado a pensar na outra.

Que vida é essa que eu levo? Sou feliz assim? Se eu morrer hoje, farei isso em paz? Valeu a pena tudo até aqui? Amei tudo que era possível? Dei o melhor de mim? São tantas perguntas.

Então vim aqui propor uma reflexão sobre o real propósito de existir. Porque o corre, correr diário não te permite pensar, parar, conversar, refletir. Tudo é tão urgente e as contas não param de chegar, a sobrevivência impera.

Pare agora, respire fundo e pergunte-se estou fazendo o que gostaria neste momento?

Tenha coragem de responder a verdade para si mesmo e a partir desta verdade tome uma providência.
Assuma as rédeas da sua existência e faça dela uma experiência singular, marque sua presença no mundo. Deixe sua marca nos corações, nos caminhos da vida. No fim é só isso que levamos conosco.

Abraços e um ótimo final de semana.

sexta-feira, 16 de abril de 2010

domingo, 7 de março de 2010

Inspiração

Adoroooooo sentar para assistir um filme, ouvir uma música, saber de alguém, algum caso que me inspire a alma, o coração e a mente. Sinto como se a vida fosse recarregada dentro de mim. Como se uma voz lá no fundo sussurrasse ânimo, vigor, atitude.
São estes momentos de inspiração que, muitas vezes nos fazem ter aquela sensação ainda que por uma fração de segundos: a vida é muito mais do que conseguimos viver.
E que sempre é tempo de recomeçar...

Um ótimo domingo a todos!

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

Isto é sorvete o resto é história...



Que calor é este gente que anda fazendo?
Nos meus 41 anos não me lembro de um verão tão quente... e para refrescar nada como um bom sorvete, bom não, ótimo. Foi uma delicia descobrir os prazeres do legitimo sorvete italiano na Gelateria Stuzzi, aqui bem do ladinho de casa, vou a pé.
Nunca provei um sorvete de pistache mais gostoso!!! hummmm me dá água na boca só de lembrar.
Ai embaixo colei o texto de introdução da página em construção do site.
A Gelateria fica na Rua Paulistania, 450 fone: 11 3816-0279


Vale muito a pena conferir!!!


Em 1922, na província de Sappada, região do Vêneto, na Itália, nascia a Stuzzi Gelateria. Na pequena e charmosa cidadezinha, próxima da famosa Veneza, um rapaz chamado Vittorio Scabin, nascido ali e apaixonado pela arte de produzir sorvetes artesanalmente, dava origem a uma história de sabores inesquecíveis. Seu gelato, produzido diariamente com frutas frescas e neve, rapidamente ficou conhecido em toda a região pelo frescor do sabor e pela delicadeza da textura.
Anos mais tarde, a guerra obrigaria a família Scabin a deixar a Itália rumo ao Brasil. As dificuldades em começar uma nova vida, em um país diferente, fizeram com que a Stuzzi ficasse apenas nas lembranças do Sr. Vittorio, que nunca deixou de elaborar suas maravilhosas receitas para deliciar a família.
Em homenagem ao sonho do nonno Vittorio e graças ao seu talento e paixão, preservados na tradição da família Scabin, a Stuzzi Gelateria ressurge pelas mãos de seus netos para continuar a escrever essa história com mais de 80 anos repletos de aromas e sabores.

quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

A arte pela cidade


Será que ela ri para a câmera?
Talvez ria para as gentes, estas que passam para lá e para cá...
Ou será que é por estar ali em plena Paulista. Ri do movimento e das chuvas, de assistir quieta e sorridente, tantas rostos fechados, calados, compenetrados.
E também os alegres e barulhentos que caminham lado a lado em conversas sem propósito. Apenas repetindo os noticiários.
Ri dos muito ocupados sempre atrasados e dos semi abandonados, dos totalmente desabrigados, dos que perambulam maltrapilhos e mal amados...
Ela acha graça dos cliques e dos celulares a todo momento tocando, tocando.
Ela ri da existencia em plana avenida, ali bonita e colorida. Preenchendo a vida por meio dos olhos de quem enxerga seu significado. Tem aqueles que só vêem quando tocam e ai ela toca eles também.
Ali animal, informal, a arte em pleno exercício.


quinta-feira, 14 de janeiro de 2010





Tem coisa mais auspiciosa do que começar o ano com um céu destes?
Pois foi assim entre nuvens, com um lindo azul no horizonte que entrei 2010, cheia de esperança e vontade de fazer e acontecer... Quero escrever um best seller, conhecer a europa, e curtir muito as pessoas que me são queridas. Vou resgatar os saraus onde reuno artistas amadores e profissionais para encantar públicos menos favorecidos. trabalhar muito como voluntária no Conselho que fiscaliza minha profissão, afinal agora sou uma das conselheiras da nova gestão.
Ou seja muitas idéias, muita vontade e coragem. E claro durante o ano pretendo deixar muitas mensagens aqui neste espaço, para compartilhar meus sucessos e talvez meus erros.
Abraços a todos e um excelente 2010!