Sucarau 06/10/12

terça-feira, 22 de setembro de 2009

Pensar na morte como consequencia natural da vida é saudável, ainda que de vez em quando. Refletir sobre o quanto você está preparado para isto é um exercício diário, pode até parecer mórbido, mas não é. O que noto sempre é que a morte abate muito aqueles que ficam, entretanto passado o momento de choque o real aprendizado é desperdiçado. Falo da constatação do quanto efemera é nossa vida, e o quão rápido passa a nossa existencia. Penso em como desperdiçamos tempo e energia em coisas sem importancia, desprezando o que de melhor temos na vida. Me assombro em perceber pessoas que vivem tão mergulhadas na ilusão do mundo físico, que no momento do choque são arremessadas num turbilhão de verdades que as sacodem por dentro, mas que passados os primeiros momentos de dor gerados pelo apego e as falsas crenças entram novamente naquela torpez do espírito. A questão é:

Estou pronto para morrer hoje? O que fiz até aqui servirá para perpetuar a minha memória? Serei lembrado pelo que de melhor eu fiz, disse, realizei? Vivi o mais verdadeiramente que pude? Dei o melhor de mim? O mais puro de mim? As pessoas pelas quais me responsabilizei na vida estão bem encaminhadas? Conseguirão seguir adiante alertas e prontas?

Estes questionamentos são válidos para que você consiga enxergar o quão pronto está ou não para passar por esta experiência. Eu acredito na vida eterna e acredito que a humanidade irá evoluir para uma vida sem a morte do corpo. Mas até lá, precisamos encarar nossos limites, aceitar nossas fragilidades e viver o melhor possível. Semeando amor, gentileza, alegria e concórdia entre as pessoas.

Uma ótima semana a todos.

domingo, 20 de setembro de 2009

Olá caros amigos!
Domingo meio frio... Hoje acordei pensando na dificuldade que muitas vezes temos na hora de educar e formar um indivíduo. Falo como mãe e na qualidade de observadora do pai. Cada filho na sua singularidade assimila e pratica seu aprendizado demonstrando muitas vezes que, seus saberes derivam dos comportamentos observados do que, dos muitos discursos ouvidos.
Então minha reflexão hoje é sobre o quanto o exemplo na vida de nossos filhos é importante. Por mais cultura, educação adquirida e inteligência os pais possuam e mais ainda nestas condições os exemplos vão falar, os atos vão ensinar. Você pode até dizer para seu filho que beber e fumar é ruim, mas se você mesmo bebe ou fuma porque ele deve acreditar no seu discurso? Você pode dizer o tempo todo que cuidar da saúde é importante, mas se você relaxa com a sua própria, porque ele deve acreditar que é importante. Quando o discurso e a prática são incoerentes, os filhos são obrigados e encontrar por si só um argumento razoável que explique aquela situação e o que ocorre muitas vezes é que os filhos perdem o respeito e a admiração por seus mestres, que são seus pais. Neste momento optam por um deles ou por nenhum deles, por isto eu acredito que se temos valores sejam eles quais forem e temos convicção de que são bons, temos que viver de acordo com eles, na prática diária destes valores. Se conseguimos fazer isto, tudo fica mais fácil. Antes e sempre precisamos conquistar diariamente a confiança e a admiração de nossos filhos por aquilo que somos. Quando realizamos o ideal de nossos filhos como indivíduos, eles sentem que o caminho é seguro e o aprendizado é doce.

Um abraço a todos e um ótimo domingo.

domingo, 6 de setembro de 2009

Feriado com chuva e frio, bom para pipoca, TV e família bem juntinha. Um filme legal, vide game boas risadas. Talvez aquela vísita que vc está adiando faz tempo... Ou apenas ficar quietinho e sozinho. Pensar na vida, no trabalho, no estudo ou não pensar em nada. Apenas curtir este momento.
Viva a vida com ou sem pipoca, mas sempre com muito amor.

quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Desenho Aquarela do Brasil

vídeo no qual o Pato Donald é apresentado ao recém criado (pelo genial Disney) Zé Carioca e às atrações da Cidade Maravilhosa. APESAR DA GENIALIDADE DO VÍDEO, POUCOS DE NÓS PUDEMOS VÊ-LO, devido à reclamação de direitos autorais da Disney, ESTE VÍDEO FOI CRIADO NA DÉCADA DE 50 E SEM O USO DE RECURSOS COMPUTACIONAIS QUE HOJE NÓS TEMOS À DISPOSIÇÃO...
Tudo de bom!

terça-feira, 1 de setembro de 2009

Não entendo esta mania que nós pessoas temos de complicar, de tornar mais difícil e dolorido seja lá o que for. E esta nossa total incapacidade de auto crítica, de avaliarmos quando passamos da conta. Apesar dos meus anos vividos ainda me surpreendo quando vejo pessoas que viveram mais do que eu, reféns de seus próprios defeitos. Orgulhosos solitários, invejosos humilhados, esnobes mergulhados em suas próprias armadilhas. Quando o mal se paga com o mal, mais cedo ou mais tarde vc recebe a conta. E a conta da vida não dá para pendurar...
Há que se pagar, seja com doenças, solidão, incompreensão ou que mais vc tiver plantado.
Por isto pare agora!
Reflita sobre o caminho escolhido, não será o momento de mudar a trajetória? De buscar novos horizontes? De plantar mais flores do que espinhos?
Plante sorrisos, alegrias, carinhos, respeito, amizade, cumplicidade, ternura e amor, muito amor. Plante grandes árvores de amor, para que todos e tudo possa desfrutar destes frutos, desta sombra, desta beleza.
Seja vc o jardineiro do melhor e mais belo jardim por vc já visto. Apare agora as ervas daninhas!
Compartilhe com desprendimento de alma e coração!
Abra-se sem medo, acredite há luz no fim de todo túnel.

Abraços a todos.