Sucarau 06/10/12

segunda-feira, 13 de abril de 2009



Olá amigos,

Outro dia falei aqui sobre o caminho, de novo quero falar sobre este assunto. Desta vez por uma nova ótica. A religião. Neste meus poucos anos de vida me deparei muitas vezes com pessoas de religiões diferentes defendendo sua bandeira como única alternativa a salvação e a rendenção. Conheço e convivo com pessoas de religiões bem distintas, espíritas (entenda-se aqui de várias linhas), evangélicos (também de várias linhas), misticos (de muitas ordens), católicos (ortodoxos e carismáticos). E cada um a seu modo enxerga o seu caminho como o melhor e o que é muito natural do ser humano, quando ele acredita que encontrou um tesouro, pelo menos os bons querem partilha-lo, eu mesma quando mais jovem agi desta forma. Mas nada como a maturidade e principalmente a busca pela verdade para nos tirar os véus da ilusão. Ilusão porque não temos como saber se o melhor para nós é o melhor para o outro, o que faz bem a um, não necessariamente faz bem ao outro. Eu creio que Deus é unico, entretanto acredito que todos os caminhos levam a Deus, por isto o caminho é tão importante. E a escolha deste caminho depende de cada um, das experiências para as quais vc está pronto. Uns precisam de dogmas, outros de vivencias e ainda há aqueles que não necessitam de nada porque Deus está para eles como o ar está para todos nós. A grande lição aqui neste momento, neste mundo é a aceitação.

Quando formos capazes de aceitar esta verdade, não haverá mais o que temer e nem disputas para provar quem tem mais razão. Apenas amor e confiança de que todos chegarão a Deus de um jeito ou outro.

A nós só cabe dar quando nos for pedido e aceitar quando estivermos prontos.